férias de um ano sem fim

E mais uma vez chegou o fim do ano, e mais uma vez estou aqui pra te desejar que ele acabe bem.
Esse ano não tive muito o que agradecer, e tão pouco tive vontade de escrever esse post, algo maior me obrigou a fazê-lo.
Espero que tenham tido um bom ano, diferente de mim. Espero que tenham um ótimo  2012, assim como espero que o meu seja melhor que este que acaba.
Aproveitem o Natal para estar com aqueles que você ama.
Aproveite os últimos dias do ano, aproveite cada hora de sua vida.
Esses dias não voltarão, e os dias que você viveu esse ano, também não voltarão.
Faça o que você planeja, concretize. Seus dias não vão voltar.
Por fim, seja feliz. É tudo o que lhe desejo.
É para isso que viemos para esse mundo, ser feliz ao menos.
Mesmo que alguns sejam fadados à infelicidade, ninguém foi feito de fato para ser infeliz.

Aproveite seus dias e seja feliz.

Grande abraço.

Anúncios

das tormentas e catástrofes

Escuto o sopro vazio de promessas
E sinto o cheiro podre da estagnação
Ouço quando os ruídos da aurora chegam
Mas o breu cobre meus olhos atualmente
Um véu que me sussurra promessas cobre meu peito
E as angustias se aninham nas palavras frias

Quando jaz um sentimento em sepulturas mal guardadas
As moscas da tormenta carregam as lamurias de lá para cá
A polinização das tormentas se intensifica
Nos solos mal aguados do coração seco e descarnado
Perco a conta dos dias malfadados
Sobrepujados em catástrofes mundanas

Sou somente o que escolho levar
E dos amores e paixões
Não tive sequer um ínfimo prazer
Vivo do que escolho cultivar
Das lamurias de um coração doente
Das blasfêmias de um descrente
Da solidão de uma mente perdida
De um ser nascido pra não viver.

da salvação por palavras


Você passa por dias e dias esperando
Por uma palavra que seja
Que lhe traga felicidade e conforto ao coração
Espera que aquela pessoa te de um minuto de alegria
E espera
Por horas, dias, meses
Mas não percebe que não será daquela pessoa
Que virá o que você tanto espera
Então quando menos espera
Quando está desacreditado
De que nesse mundo não há ninguém que se importe
Quando a única coisa que espera
É que alguém lhe deseje que tenha uma boa noite
Eis que surgem palavras de conforto
De carinho e compaixão
Não de quem você tanto esperava
Mas de alguém que você realmente sabe que lhe quer bem
Palavras simples, mas que fazem você ganhar o dia
Mesmo que seja às quatro horas da manhã
Pouco antes de ir dormir
Palavras essas que lhe dão um novo fôlego
Um novo ânimo
Palavras que me fazem crer novamente
Que cultivar bons sentimentos não é a maior perda de tempo
Que amar e esperar ser amado não é sonho
Palavras nas quais me fazem crer na vida
E nas pessoas que amam e se deixam ser amadas.

o fim de outra ilusão

O fim de um amor
Mais um amor
Um amor que não existiu
Apenas imaginações e pretensões
Apenas suposições
Mais um coração destruído
Pela falsa esperança quebrada
Pelo coração que mais uma vez sofre
Pela dor do amor

Esperar não ser enganado
Não ser enganado por mim mesmo
E por meu coração que se entrega facilmente
Um coração que anseia por atenção

O fim de um sentimento que não tem explicação
Que não tem motivo nem razão
Amar foi perder meus dias em vão

Amar sem saber se teria esse amor
Amar sabendo que seria mais uma desilusão
Como amores que tive
E que há muito tempo já morreram em meu coração.