das crenças e duvidas

Ela sabe que meu coração é dela
Ela sabe que minhas noites são pensando nela
Ela sabe que meus dias são dela
Ela sabe que meus olhos só procuram os dela
Ela sabe que meus sonhos são sempre com ela
Ela sabe o que é estar apaixonado
Ela sabe o que é estar apaixonada
Ela sabe o que é esperar por outro alguém
Ela sabe o que é aguardar pelo outro pra alegrar seu dia
Ela sabe o que é esperar apenas uma palavra
Ela sabe o que é ouvir a voz de quem ama logo que acorda
Ela sabe o quanto é ruim sentir a falta de quem se ama
Ela sabe o que é estar longe quando se quer estar perto
Ela sabe o que é ter medo de amar
Ela sabe o que é ter medo de se magoar
Ela sabe que não se pode fugir dos sentimentos
Ela sabe que não deve se esconder de tudo isso
Ela sabe que amar é a única virtude
Ela sabe que um dia vai se entregar
Ela sabe que não há escapatória para tais sentimentos
Ela sabe que quem a ama não a esquecerá tão facilmente
Mas ela não sabe se o ama
Mas ela não sabe se deve seguir em frente
Mas ela não sabe se deve sentir sua falta
Mas ela não entende o porquê disso tudo
Ela sabe somente
Que não lembra como isso começou
E tampouco como vai terminar.

negativas veladas

Todo esse tempo que perdemos
Nesses dias de palavras veladas
Quando eu apenas dizia e não escutava
Quando suas palavras negavam
E eu negava o que você me dizia
Até o momento em que perdi até mesmo suas negativas
As minhas tentativas de te culpar são totalmente inúteis
Pois agora sei que ao fim tuas palavras não me incentivavam
Minha cegueira momentânea me fazia entender tudo ao contrario
Ou simplesmente tudo diferente do que deveria ser
Entendo enfim o teu silêncio
Cansou de dizer palavras não compreendidas
Cansou de dar atenção a quem te dava atenção apenas pela metade
Mesmo escutando tudo o que dizia
Entendia apenas o que eu queria
Agora sei que implorar perdão é inútil
Pois o raciocínio claro que me afeta agora
Deveria ter ocorrido meses atrás
Quando você me dizia o obvio então
Do principio ao fim
Tudo era não.

do medo ao egoísmo

O medo que sinto
É que alguém nesse mundo
Devote amor maior que o meu a você
É pensar que possa existir alguém
Que te ame mais do que eu amo
Então me corrôo de culpa
Pois tamanho egoísmo não existe
Não desejar que a pessoa amada sinta de outro alguém
Tamanho amor que lhe é dedicado
Pois sei que dos meus sentimentos não quer provar
E me corrói saber que não é possível
Que nesse mundo não haja outro que se encante por você
Que cultive o mesmo amor
Ou provavelmente um amor maior
Por alguém que merece ser amada de qualquer forma
Este egoísmo me consome
Pois sonho com a tua felicidade
Mas não uma felicidade que não venha dos meus braços
Por isso tenho medo
Pois tenho certeza de que encontrará tal amor
De que talvez seu amor também se manifeste
E que meu amor se esgote
Seque na fonte que nunca foi encontrada
Sei que há de ser feliz
Mas desejo que não esqueça
Que amor imenso por ti ainda existe
E por mais que se afaste e me esqueça
Meu medo e egoísmo sonharão que ainda voltará
E que em meu peito encontrará
O amor que aqui ainda reside.

o escafandro

Seus sentimentos fechados num escafandro
Eram indecifráveis para qualquer um
De seus sonhos e medos ninguém sabia
Dos seus amores e conquistas muito menos
Ela apenas seguia em frente
Sem permitir que outros a traduzissem
Ela apenas vivia se mantendo um mistério
Aos olhos alheios era uma interrogação
Era a duvida que muitos queriam desvendar
Ela seguia em seu mundo
Entre nevoas e sombras
Sem saber se revelaria aos que a cercavam
Quem era e o que pensava
Mas dentro de suas próprias duvidas
Ela apenas seguia em frente
Sem olhar para trás
Sem dar a oportunidade de revelar aos outros
Se amava, se vivia e o que pensava
Deixava apenas a duvida
Em todos que procuravam lhe entender
Em todos que tentavam conquistá-la

sobre estar resignado

Eu aceito essa situação
Aceito tuas imposições
Aceito estar à margem de sua vida
Aceito estar presente nas horas que lhe convierem
Aceito ser teu ponto de segurança
Sua amizade a qualquer momento
Aceito ser as palavras de amor que esperava de outro
A dedicação fiel
Aceito escutar tuas queixas
Receber tuas raivas e maledicências
Aceito tuas agressões
E receber as migalhas da tua atenção
Aceito por que sei que é o que posso ter no momento
Por esperar poder ter um pouco a mais no futuro
Aceito por acreditar que percebes minha dedicação
Por me sentir satisfeito com os poucos momentos de afeto
Aceito pela esperança
De que um dia tu aceitarás tudo o que te dedico
Que serei o teu único ser querido
Por quem sonharás e rezarás dias e noites
Aceito por acreditar em tudo o que tenho dito
E que todo esse amor vale a pena.