os ventos do inverno

vento

O vento que hoje bate na janela do meu quarto
Me traz as lembranças de tempos remotos
De dias que parecem ter sido em outra vida
Mas o mesmo vento que traz essas lembranças
Levam embora todo o remorso de que cultivei
O que me resta hoje é apenas a lembrança de um novo começo
Das palavras e promessas de um futuro bom
Pois foi do inverno que vivia meu coração que ela me resgatou
Foi no frio solitário que ela me encontrou
E deu razão e cor pra minha nova vida
Sim, estava perdido em rancores e maledicências
E ela me entregou seu coração na primeira oportunidade
E assim vamos vivendo esses dias frios
Nos aquecendo com as promessas de um futuro bom
E que os ventos frios nos tragam apenas as lembranças
De que foi assim, que a primavera de nossos dias começou.

bad dream

HT_037_06

Todas as noites ele lembrava
E já não sabia se cabia a ele tais lembranças
Não sabia se era saudade
Sabia que tinha um vazio dentro de si
Sentia um sopro silencioso
Um silêncio aterrador
Ele lembrava mas não sabia se devia
Ele lembrava dos dias perdidos
Ele lembrava das palavras juramentadas
Ele sabia que não devia mais lembrar
Mas lembrar o trazia de volta tudo o que não mais podia ter
Trazia o que nunca tivera
Mas que jurava ter tido um dia
Ele lembrava dos dias perdidos
Ele lembrava das palavras repetidas
Das lamurias jogadas ao vento
Dos dias que viveu
Mas não viveu os dias que queria
Perdeu o que procurava
E encontrou a paz que não buscava
Encontrou a paz
E na paz suas angustias não morreram
Sua dor apenas adormece
Assim como as lembranças dos dias que viveu
Dos dias que perdeu
Do sonho
Que já não é mais meu
Nem teu.

in a darkened room

No silêncio da noite
o calor quase me ensurdece
A angústia da insônia
e das tuas lembranças
Me dão a impressão de estar em coma
No calor fatigante
chego a sentir frio quando lembro de você
Os calafrios que percorrem
Cada parte de minha pele
São um aviso de que essas lembranças
Atualmente, não são bem-vindas
Do escuro do meu quarto
vislumbro teus dias mais felizes
E da minha solidão complacente
vejo você feliz e acompanhada
Mas peço a Deus
que quando estiver nos braços dele
Sonhe estar nos braços meus
Assim como penso em você
Sempre que tenho meus braços vazios.

entre vícios e lembranças

O que a distancia nos trouxe
Se não o silencio e a solidão
Sempre soube que de fato seria assim
Mas quem iria acreditar
Que estar longe
Me trás você todos os dia pro pensamento
Entre cigarros apagados
E whiskys baratos
Nossas ultimas palavras são sempre o que me atormentam

Quem disse que a distancia nos faria bem
Se tudo o que ficou entre nós foram as palavras não ditas
Aqueles que acompanham nossa tragédia
Riem dessa bela comedia mal escrita

Enquanto eu crio vícios pra te esquecer
Acabo me lembrando de você nesses malditos rituais
Entre os cigarros que acendi
E deixei queimarem sem nenhuma tragada
O que trago no peito agora não é a fumaça
Não é a bebedeira em uma dose de cachaça

É a dor estampada
A dor que cobre a minha cara
A falta que você me faz
As lembranças que você me trás
Nessa vida que não para.

hard to remember

É facil lembrar de você em tardes vazias
É facil lembrar de você nessas tardes de primavera
Quando tudo está quieto e não há mais nada com o que me preocupar
Lembro das tuas palavras doces e da tua voz mansa
Era quase um sussurar no meu ouvido
Os detalhes da dicção que são tão vivos para mim
As lembranças das conversas interminaveis
E dos fins de tarde em que nos confortávamos um na companhia do outro
Nas palavras doces de bom dia
Nos detalhes de uma voz sonolenta
De um pedido por atenção logo ao amanhecer o dia
É facil lembrar com prazer de quando esperavamos um pelo outro
Minhas tarde passam sem pressa ultimamente
Ou talvez passem com pressa de mais
Com pressa de te ouvir de novo
Para que as lembranças fiquem para trás
Para que não seja mais necessario apenas recordar
Para que eu possa novamente ouvir tua voz
Com aquela dicção suave e macia
Quase um sussurrar ao meu ouvido
É dificil lembrar que dificilmente isso acontecerá
É dificil lembrar de você em tardes vazias
É dificil lembrar de você nessas tardes de primavera
É dificil lembrar de você.