até que enFIM

E a cada ano que passa
E que você analisa tudo o que passou
Os dias, as pessoas, as idéias,
As perdas e as conquistas
Olha ao teu redor e contabiliza o que restou do ano
Diferente do que costumo fazer
Não direi a vocês o que esperar e desejar de um próximo ano
Analise e tire suas próprias conclusões
E deixe de pensar que apenas dar graças ou dizer adeus ao ano que passou basta.

Os dias que perdi esse ano se arrastaram
E as pessoas que perdi marcaram profundamente esses dias
Pessoas que perdi talvez por incompetência minha
E outras podemos dizer por que deus quis
Um ano mais de perdas do que conquistas foi com certeza o que eu tive
Hoje reparo até nas felicitações de fim de ano
Das amizades que se vão
Que quando você espera uma palavra a mais, recebe uma mensagem em massa
Talvez seja isso,
Talvez a culpa seja minha por não ter me esforçado pra ter essa palavra a mais
Parando pra pensar também não tenho moral alguma pra querer uma atenção a mais
Afinal de contas, o que é isso que escrevo aqui, senão uma mensagem em massa
Mas ao menos me dou ao trabalho de elaborá-la .

Depois dessas alucinações e devaneios de um fim de ano infeliz, espero que o próximo seja melhor pra mim e para você que está lendo.
Seja feliz acima de tudo, tenha um ótimo Natal e Ano Novo.

Anúncios

mais um fim

Sinto a frieza das tuas palavras
Como uma lamina que perfura meu coração
Entreguei meus sentimentos a quem não sabia cuidar sequer dos seus próprios
O desabafo que me toma o peito
É como um grito desesperado
De um idiota que não sabe distinguir
Sonhos e realidades
De um estúpido que fecha os olhos
E implora pra que a verdade não seja vista
Este tolo imbecil já não suporta tais sentimentos
Apenas esperava que suas palavras
Me dissessem alguma coisa
Que você não tivesse medo de ser verdadeira ao menos uma vez
Pois sei que amor há no seu peito também
Mas lhe falta a coragem de amar
Te sobra o medo de sofrer
E como eu prefiro sempre tentar amar
No fim quem sofre sou eu
E agora sei
Que viverei sem te encontrar.