sobre a espera e a esperança

waste

Quando os dias passam
Sem você perceber as horas que perdeu

Quando as palavras falham
Pra escrever a ela tudo o que sentiu

O tempo que perderam
As palavras que falharam
Os sorrisos que se encontraram
Os lábios que não se tocaram
Os corpos que não se enlaçaram
As poesias que declamaram
Os dias que se amaram

Vieram e se foram
Como a poeira num vendaval
Como os sonhos de um temporal
Como a carne que se abre
Na lamina de um punhal

A brevidade de um instante
O suspiro inquietante
O tempo que passa
Essa é minha sina

Sim, tudo passará
Na espera de uma palavra
Na espera de um sorriso
Na esperança de encontrar
Uma razão pra essa vida.

 

Anúncios

ode a procrastinação

Meus dias se encerram
Como morrem as possibilidades de minha vida
As chances que deixo passar propositadamente
Esperando que elas esperem por mim
Pelo resto de meus dias
Mas nem as noites esperam para me assombrar
Ingenuidade, infantilidade
Não
Burrice, apatia
Minha amada procrastinação
Assisto minha própria vida passar
Como um espectador que assiste tudo de cima
Sem ter o poder de interferir
Mesmo prevendo o iminente desastre que está por vir
Me escapa entre os dedos e se esvai como a névoa numa manhã ensolarada
Essa vida que não controlo
Esses dias perdidos num estado de espera
Esperando que a espera se acabe
Aguardando o fim da monotonia
Esperando chances que não voltam
Esperando que voltem possibilidades que não existem
Aguardando por um fim que não virá.

transfiguração

Sou o que tu me pedes para ser
Teu porto seguro
Teu vazio em dias mortos
As tardes quentes de verão
E o calor que te falta no inverno
Quando pedes sou teu chão
E te cubro como um céu de algodão
Sou teu amante obscuro
Sou teu santo, teu amigo
Quando pedes me viro em dois
E quando precisas sou o único que te serve
Sou um nada quando não precisas de mim
E sou tudo o que você sempre quis
Quando não falta nada
Sou apenas eu mesmo
Esperando que tu sejas minha
Sendo você mesma
Sem mais nada a esperar
Sem mais nada em entrelinhas

à sua espera

(dando um tempo com posts antigos e colocando novidades)

espera1

Esperar
Sem ter a certeza de que a espera frutos lhe trará
Esperar
Sem saber se o que espero virá
Esperar
A palavra tua que enfim me dirá
Esperar
Que por fim
O esperar não foi em vão
Esperar que o não
Não surja então
Esperar
Pois na espera
Entendo que o agora
Não me espera
Me entrega
O futuro
Onde a espera
Acabará.