warning sign

fog

Voltamos aos dias de silencio
Das palavras não ditas
Dos sussurros inaudíveis

Voltamos aquele mesmo ponto
Quando você ia
E eu me perdia

O silencio cobre cada centímetro de pensamento meu
Como um véu de luto
Como um nevoeiro na noite

Seguiremos nessa luta surda?
Nessa disputa por palavras inexistentes
Nessas reticências intermináveis

Ou poderá você me dar um ponto final?
Uma definição depois de anos
Uma exclamação que encerre seu silencio

Não peço um sim apesar de esperá-lo
Peço uma luz para fugir do nevoeiro
Ou ate mesmo uma placa que diga:
Perigo! Não se aproxime!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s