adeus ano velho

2012

E mais uma vez o fim de ano chega, e mais uma vez eu escrevo uma carta aos meus amigos. Chegou o fim de ano e a hora de fazer aquele balanço final, analisar tudo pelo que você passou, e o que ficou de bom e de ruim.
Eu pensava pouco antes do começo de dezembro tudo o que eu agradeceria e colocaria como pontos positivos desse ano. A faculdade depois de tanto tempo tentando voltar a estudar, os novos amigos, a manutenção das velhas amizades (apesar da distancia).
A saúde da família, o sucesso da briga contra o câncer de um tio meu, a operação com sucesso da minha avó, a minha melhora gradativa do meu problema com a coluna.

Tudo isso não foi anulado, mas sem duvida alguma foi fortemente ofuscado pela morte prematura de uma grande amiga, que morou comigo nos tempos da primeira faculdade, que me serviu de irmã, de ombro amigo, de braço acolhedor.
Esse fim de ano meus pensamentos vão especialmente pra ela, que fez feliz muitas pessoas durante sua vida, mesmo indo embora tão cedo.

Como comentei no dia da sua morte, jovens não deveriam morrer, não os bons jovens, não os que têm planos para uma vida, não os que estão planejando casamento, não os que estão sendo felizes e fazendo outras pessoas felizes.
Estou longe de dizer que minha amiga era uma santa, mas um ser humano que erra e acerta como outro qualquer, mas que tinha o direito de ser feliz por muito mais tempo.

Minhas mensagens de fim de ano são um tanto quanto repetitivas, mas cada vez tenho mais convicção de que o que eu tenho em mente é correto, apesar de ser tão clichê.
A certeza de que todos nós viemos para esse mundo apenas por um motivo, apenas um que dá sentido a tudo em nossas vidas, amar e se deixar ser amado.
Não querendo focar em religião, mas essa é a mensagem que nos é dada quando se estuda o evangelho, sobre o que Jesus pregava, o amor acima de tudo.

Amar seus familiares, amar o próximo, amar o que te estende a mão, e ao que cospe em sua face. É obvio que pedir isso aos outros é fácil, e que fazer, não é tão simples assim. Mas pense meu amigo, que de fato, hoje, agora, seja o ultimo momento em sua vida que você poderá desejar um simples “boa noite” a alguém próximo, que você poderá dizer eu te amo para uma pessoa que você ama de verdade, pela ultima vez, que amanhã ao acordar, essa pessoa não estará mais ao seu lado, você não poderá mais ver seu sorriso, ou escutar sua voz.

Esse ano meu recado de fim de ano pode ter se tornado um tanto quanto meloso, ou chato, mas é o que todos os acontecimentos me trouxeram nesses últimos dias, um sentimento de que seja, talvez, amanhã, o ultimo dia que eu me dirija a você, ou você a mim.

Espero que este ano tenha sido especial pra você, de grandes aprendizados, de bons momentos com a família, com os amigos, e se caso você não tenha tido o melhor ano de sua vida, não esmoreça, de fato existe sempre uma luz no fim do túnel, basta não caminhar pro caminho oposto, ou fechar os olhos para não ver.

Lembre-se, seja feliz, ame e se deixe ser amado.

Abraços,
Felipe Mentiaca

Anúncios

Um comentário sobre “adeus ano velho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s