exílio, sonhos e realidade

Os dias que passaram sem palavra alguma
Me parecem agora como horas de uma espera angustiada
Desejando que o silêncio seja quebrado
Mesmo sabendo que nem mesmo o silencio se encontra por perto
Você foi deixado num ponto em que nada o alcança
O esquecimento é apenas uma vaga lembrança do que deveria ser
Foi largado ao esquecimento
Seus desejos de voltar ao passado que nunca existiu
São tentativas de se encontrar nesse exílio maldito
O exílio das palavras e sentimentos
Você pode esperar que seus desejos se realizem
Mas tem a certeza que a realidade não será essa
A questão é por quanto tempo continuará se enganando
E fingindo que engana alguém com o que você próprio quer se enganar
Essa questão já não pode ser resolvida mais por você
Você apenas segue vivendo
Esperando que o futuro que você sonhou
E as esperanças que você depositou nas mãos de outro alguém
Não terminem na realidade que agora existe
Mas sim nos sonhos em que você acreditou.

Anúncios

Um comentário sobre “exílio, sonhos e realidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s