mais um fim

Sinto a frieza das tuas palavras
Como uma lamina que perfura meu coração
Entreguei meus sentimentos a quem não sabia cuidar sequer dos seus próprios
O desabafo que me toma o peito
É como um grito desesperado
De um idiota que não sabe distinguir
Sonhos e realidades
De um estúpido que fecha os olhos
E implora pra que a verdade não seja vista
Este tolo imbecil já não suporta tais sentimentos
Apenas esperava que suas palavras
Me dissessem alguma coisa
Que você não tivesse medo de ser verdadeira ao menos uma vez
Pois sei que amor há no seu peito também
Mas lhe falta a coragem de amar
Te sobra o medo de sofrer
E como eu prefiro sempre tentar amar
No fim quem sofre sou eu
E agora sei
Que viverei sem te encontrar.

Anúncios

Um comentário sobre “mais um fim

  1. Sempre encarei todo fim como um novo começo, e só pensar que você perdeu tempo se achar que não aprendeu nada. Sei lá..xDD, vivendo e aprendendo…errando e se fudendo..xDD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s