arrogância e hipocrisia

Escrever sobre qualquer coisa hoje em dia me parece ridículo
Me sinto hipócrita, desonesto, incompetente e até mentiroso
Escrever sobre amor
Sobre a vida
Sobre a amizade
Sobre o tempo
Qualquer que seja o tema
Me parece que não sou digno de tais palavras
De que escrevo mentiras
Que escrevo coisas que não conheço
Para pessoas que compreendem que não passo de um mentiroso
Escrever do amor, dos sentimentos mais profundos é um pequeno absurdo
Já que nunca tive quem amei de verdade em meus braços
Escrever da amizade sendo que me vejo sozinho a cada dia
Com amigos distantes, com os quais não posso desfrutar meu tempo
Tempo, o qual teimo em pensar
Nas horas que passam e dos dias que perco
Na vida que vivi e não vivi tendo em vista minha pífia experiência
Viver pensando que tudo não passa de uma mentira
E que a mentira que me conto a cada dia
Me faz continuar a ser esse ser indigno de boas palavras
A hipocrisia que me aflige
É a mesma arrogância que me faz olhar por cima
E perceber que sou melhor que tudo isso
Perceber que nessa mentira
É onde vive minha ruína.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s