a despedida

Como posso dar adeus pra alguém quem nunca conheci
Como poder dar adeus estando longe há muito tempo atrás
Como poder sentir a falta de alguém que está indo embora
Se eu fui embora antes
Como amar alguém desconhecido
E que já dei adeus mais de uma vez
Como esperar estar junto de alguém depois de tantas despedidas
Fui embora sabendo que ela também iria
Mas agora sinto sua falta mais que nunca
Mesmo sem tê-la em meus braços ao menos uma vez
Mesmo sem nunca ter sentido seus lábios nos meus
Mesmo sem ter seus olhos verdes olhando nos meus
Como posso sofrer por esse adeus se o primeiro adeus foi meu
Como saberei se haverá um reencontro se nunca houve o primeiro encontro
Esse tipo de amor confuso me faz mais confuso a cada dia
Esperar ter alguém de volta
Alguém que nunca tive na verdade
Esperar que possamos nos reencontrar algum dia
O reencontro que fosse a primeira vez que te encontraria
Continuo esperando sem saber se um dia você voltará
Continuo dizendo que sim, que meu amor é seu
E que espero te ter em meus braços novamente
Novamente em meus sonhos
Pela primeira vez
E por toda a minha vida.

Anúncios

Um comentário sobre “a despedida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s