Do silencio à estupidez

De volta ao trabalho, ou ao prazer, seja lá o que for
Depois de um tempo volto a castigar quem lê este blog com meus
pensamentos estupidos.

writing-2.jpg
silencio1.jpg

Dias e dias sem palavra alguma
Meses sem ver a cor da tinta
Semanas sem sentir o arranhar da pena barata
A tinta falha no papel
E as palavras fogem de minha mente
Faltam até sentimentos em meu coração
É tempo para aprender que não sou o senhor da razão
Mediocridades e mentiras sem escrúpulos passaram por esse tempo de silencio
Apenas vou aprendendo que não terei todo o tempo da vida para tais coisas
A tinta de minha caneta tenta tomar nova vida
Vida nova é o que espero
Dessa vida breve que tenho levado sem esmero.

Anúncios

Um comentário sobre “Do silencio à estupidez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s